EK8A5946.jpg

A Mística dos Encantados

"Parti mais o Chico em 1957, cerca de um ano depois que a Francisca nasceu. As coisas que ele ouviu do Encantado continuavam nos chamando na direção do mar até que chegássemos no ponto em que viveríamos em outras dimensões. Nelas descobriríamos mistérios do encantamento que nos ventila desde Aruanda. Que destino esse nosso! Correr o mundo, criar pontes, magicar os caminhos com rezas. Mistérios era em que nos descomeçaríamos" (Maria Toinha, p. 116 do livro A Mística dos Encantados, 2020).